Ian Somerhalder cedeu entrevista para o “TelePrograma no último fim de semana, confira a entrevista  publicada no site espanhol.

Ian Somerhalder, sobre o possível final de ‘The Vampire Diaries’: “Eu quero que a série volte às suas origens” O ator, que visitou Barcelona para participar de um evento de fãs da série, usou sua visita para alfinetar Donald Trump: “Se ele ganhar a eleição, eu venho morar na Espanha”

Ian Somerhalder já passou sete temporadas na pele de Damon Salvatore, a estrela sexy de The Vampire Diaries. Recentemente, ele disse que a oitava temporada, que começará a ser gravada em breve, seria a última, mas agora não confirma nem nega. De qualquer forma, o ator, que ficou conhecido ao público em geral por seu papel como Boone Carlyle, um dos passageiros do Vôo Oceanic 815 em Lost, vive um de seus melhores momentos pessoais e profissionais. Em sua recente visita a Barcelona para participar da Bloody Night Con 2016, uma reunião anual com os fãs das séries de vampiros, fomos capazes de entrevista-lo exclusivamente sobre o futuro da série, seu lado solidário, e sua esposa, a atriz Nikki Reed, (que também foi uma vampira no filme Crepúsculo)com a qual ele acaba de celebrar seu primeiro ano de casamento.

Nós continuaremos vendo Damon Salvatore por mais uma temporada?

É claro que vamos continuar o vendo.É melhor interpretar o Damon malvado porque ele é mais divertido. Estou animado com a evolução dele. Recentemente, tive uma conversa com Julie Plec, a criadora e escritora da série, para saber onde iremos. Eu estou realmente ansioso para saber como isso vai acabar.

Ninguém os contou o fim?

Não, eles não nos disseram nada e eu estou esperando para saber o que vai acontecer com a evolução da série.

Como você gostaria que isso acabasse?

Eu só queria que nós fossemos capazes de voltar às origens da série, com a qual as pessoas se apaixonaram na primeira temporada. Eu gostaria que pudéssemos voltar. Histórias sem muitos efeitos especiais, simplificar e contar histórias com esses personagens pelos quais nos apaixonamos. O público fez uma viagem com a gente.

O que vamos ver nesta sétima temporada?

No início da sétima temporada, e a até a metade, em cada episódio tem saltos de três anos no futuro. É uma mudança de formato comparado às temporadas anteriores. No episódio que eu dirigi, o 60, o flashforward são constantes. Espero que possamos ficar em um lugar sem nos movermos muito (risos).

Nina, a protagonista feminina da série, saiu na última temporada. Será que ela vai voltar para o final?

Não sei. Isso você terá que perguntar para a Julie, que é a criadora da série.

Os fãs são cruciais nesta série. Como você vive esse fenômeno?

É uma loucura , especialmente na Europa. Mas também em qualquer parte do mundo. As pessoas querem mudar as coisas,querem ter conversas reais para mudar este mundo.

Que diferença você observa entre os fãs nos Estados Unidos e na Espanha?

Não há muitas diferenças. Os fãs são muito semelhantes. Não deixam de ser pessoas que vivem e sentem as mesmas emoções.

Porque as séries de vampiros e zumbis são tão bem sucedidas?

Há um certo fascínio hoje para estas série e não sei bem as razões. É uma loucura. Eu acho que a Nikki Reed e Robert Pattison (de crepúsculo) tem algo a ver com isso (risos).

Quando você era um adolescente, você gostava assitir ?

Sim, eu sempre gostei.

O que resta daquele jovem passageiro do vôo 815 da Oceanic?

Eu voo muito e em cada viagem( são cerca de cem por ano), alguém em algum momento faz um comentário sobre Lost. Eu deixei a série no início e confesso que eu gostaria de ter ficado mais tempo porque eu teria tido a oportunidade de crescer mais como pessoa.

Que programas de TV você gosta de assistir em casa?

Eu não costumo ver muita TV, mas eu reconheço que a televisão me tornou um novo meio para contar histórias. Nos filmes há um começo e um fim, mas, em uma série um ator pode crescer no decorrer de 10 ou 13 episódios. Há muito mais para acontecer. Você tem mais de 10 horas para explorar e desenvolver seu personagem. Isso é fantástico.

Recentemente você estava em um evento com a sua esposa, Nikki, em favor dos direitos dos animais. Você é um grande apoiador desta causa?

Como disse Gandhi, o caráter de uma nação será julgado pelo modo como tratamos os animais. Ensinar os jovens a tratar os animais com respeito, com amor e carinho vai mudar o mundo. Minha esposa também é um grande defensora desta esta causa. Antes de eu e ela começarmos a viver juntos ela já resgatava e abrigava animais. Graças a ela eu aprendi muito sobre cuidados com animais. Na verdade, no ano passado estava na Califórnia para testemunhar sobre a morte de mais de cinco mil cães somente nesse Estado.

Quando você nos visita, o que você não pode deixar de fazer?

Comer uma paella e beber uma sangria, sem dúvida. Eu amo Barcelona … tanto que há algum tempo atrás eu considerava vir morar aqui, quando Mc Cain era um dos candidatos a presidência. Se os Estados Unidos escolher Donald Trump como presidente, eu acho que virei morar na Espanha.

Fonte.

Tradução: Layza Miranda. Não reproduza sem os créditos. Equipe ISF.

últimas fotos enviadas
Layout criado e desenvolvido por Flavi.A - Todos os direitos reservados - Host: Flaunt