É interessante que um cara que estrela como um par de imortais irmãos vampiros gasta o seu horário salvando a Terra. Entre sua homônima focada fundação ambiental e seu recente trabalho com a iniciativa de alimentos saudáveis Thrive Market, a estrela de “The Vampire Diaries”, Ian Somerhalder, tem vindo a fazer um nome para si mesmo no mundo sem fins lucrativos, reduzindo a sua pegada de carbono. Enquanto em uma pequena pausa das filmagens da popular série da CW, Somerhalder falou com Variedade de encorajar os jovens a se envolver, alimentação saudável e sim, alguns boatos de que esta temporada do show é como desde ex-estrela Nina Dobrev partiu no final do Última temporada.

Como você se sente sobre esta temporada de “The Vampire Diaries”?

Eu, pessoalmente, acho que todo mundo pensava que ia ser uma grande partida, após Elena (Nina Dobrev) ter ido embora. E eu era uma dessas pessoas. Eu pensei que ia ser uma grande partida para a fórmula típica do nosso show. Em virtude do fato de que não foi um grande salto para a humanidade, tanto quanto mudando-o, houve algumas diferenças que tipo de misturas a fórmula. O que acabamos de começar a filmar é tal partida (do que se espera do show). Eu só comecei a filmar o episódio 10, que é um episódio conceito. O episódio foi realmente sobre Damon, mas não é por isso que eu acho que foi o melhor em tudo. A forma como a história foi colocada em conjunto… cada artesão do conjunto dos produtores ao guarda-roupa de todo mundo estava tão no ponto. Foi a primeira vez desde cedo na temporada, quando foi apenas (criadores) Kevin (Williamson) e Julie (Plec) a ficar até quatro da manhã escrevendo que eu disse ‘Uau, este episódio está sendo tão bem executada que é digno de ser apresentado, porque está tão no ponto.’ E sim, é uma novela de vampiros adolescentes, eu entendo isso. Mas esses episódios e do jeito que está sendo escrita e a forma como eles estão levando, eu sou grato por isso. Foi um episódio da guerra civil. Eu estava coberto de sujeira e pólvora com coisas explodindo em torno de mim. A partir de segunda-feira a sexta-feira, eu perdi seis libras. E a mulher que dirigiu o episódio 10, o nome dela é Deb Chow. Seja à procura para esse nome. Ela não é brincadeira, cara.

Você gosta de trabalhar com diretores do sexo feminino?

Eu amo diretores do sexo feminino. Eu odeio dizer isso, mas as mulheres são muito mais profundas do que os homens. Eles vêm as coisas de uma perspectiva muito mais emocional. Elas são muito mais em sintonia com a psique humana.

Você e sua esposa de Sleepy Hollow, Nikki Reed, também estão fazendo uma tonelada de trabalho com a Fundação Ian Somerhalder. A fundação focada no ambiente abrange tudo, desde a extinção de habitat para a tecnologia verde para não matar abrigos de animais.

Às vezes, quando eu tento explicar a Fundação para as pessoas, eles dizem ‘Uau, isso é muito amplo.’ Mas não é, porque é realmente compartimentada. Quando você olha para a terra, em vez de como um ambiente, sim, é um globo de neve rodada flutuando no espaço, mas é uma simbiose entre as criaturas que vivem nela, e a terra, mar e sol. O que somos como seres humanos? Nós somos uma simbiose entre o alimento que nós comemos e do ar que respiramos. Esta geração, em última análise, é a geração mais fundamental na humanidade. Esta geração pode se sentar ao redor em seus telefones celulares e mandar tweet e Snapchats uns aos outros ou eles podem literalmente parar a maior extinção em massa desde os dinossauros. Eles podem retardar este trem para baixo alterando a maneira como suas vidas são e colocando políticos em trabalho que podem lutar por isso.

Você sente que é importante usar sua forma de celebridade para ser franco sobre essas causas?

As pessoas que têm tanto acesso a essa quantidade de popularidade têm uma responsabilidade social. Para as pessoas em minha posição ou de Leonardo DiCaprios ou de Ed Norton — esses caras fizeram uma incrível quantidade de trabalho — há uma certa quantidade de responsabilidade, porque podemos falar com mais pessoas do que o governo. Nós podemos falar com mais pessoas do que as empresas que têm todo esse poder. Não é fora do ego, é de ter um planeta seguro para viver.

Foi por isso que uma parceria com a varejista on-line orgânica Thrive Market?

Nós nunca vamos construir uma América saudável com as pessoas se bombeando cheio de açúcar e xarope de milho e milho transgênico e nozes … o sistema alimentar no nosso país é, literalmente, o envenenamento do nosso país de dentro para fora. Bom, a comida saudável não deve ser cara. Prosperar é uma maneira de obter todos os itens bons e nutritivos no atacado. Para cada associação que comprou, estamos dando um para as pessoas em necessidade.

Fonte.

Tradução: Fabíola Alencar. Não reproduza sem os créditos. Equipe ISF.

últimas fotos enviadas
Layout criado e desenvolvido por Flavi.A - Todos os direitos reservados - Host: Flaunt